Eis um pouco da história do Studio DelRey

Começou antes de começar

Apesar de fundado oficialmente em 2010, a história do estúdio tem muitos inícios. Nos anos imediatamente anteriores, o trabalho de editor e designer para casas editoriais, tanto consolidadas como iniciantes, foi um balão de ensaio para que a empresa se materializasse. Isso não teria sido possível se não houvesse a experiência em estúdios de design gráficos anteriores, bem como a jornada diária em veículos de comunicação impressos, próximo à virada do século. Isso nos leva à década de 1990, quando as graduações em jornalismo e publicidade resultaram nos primeiros empregos e em um período de trabalhos freelance que, sem dúvida, ainda influenciam nas criações do Studio DelRey. Essa linha poderia se estender até os anos 1980, quando um Delfin ainda inexperiente comprou seus primeiros livros de design gráfico por correspondência e criou um jornal mural na escola, além do primeiro logotipo editorial aprovado em uma concorrência pública. Mas chegar a esse ponto seria um exagero. Ou não?

Depois que abre a porteira, não tem mais jeito

O Studio DelRey de produção editorial foi fundado em 1º de fevereiro de 2010. Em seus quase dez anos de funcionamento, foram produzidos centenas de produtos editoriais, como capas de livros, projetos gráficos, catálogos, marcas editoriais, branding, textos editoriais, traduções, redação de textos, preparação de originais, pesquisa, checagem, pareceres e ghostwriting. Entre os clientes atendidos estão algumas das principais casas editoriais do Brasil: Saraiva, Ediouro, Nova Fronteira, Globo, FTD, Ática, Thomas Nelson, Sesc-SP, Rocco e Planeta são algumas delas. Além disso, editoras médias, iniciantes e independentes também fazem parte de nosso rol de clientes, entre elas Aleph, Boitempo, Manole, Balão, Carambaia, Draco, Edipro, Edições K, FinaFlor, GAL, Instituto Mojo, Mombak, Presságio, Terceiro Nome e Zarabatana.

Em 2011, o estúdio foi finalista, na categoria Capa, do prêmio Jabuti. No ano seguinte, o estúdio teve três trabalhos finalistas e venceu, na categoria Educação, o prêmio Getty Images de melhor capa de livro. Ainda em 2012, o estúdio foi selecionado, juntamente com mais 99 designers de todo o mundo, para a exposição DoeDeMee: 100 books covers to fight illiteracy, inaugurada em Antuérpia (Bélgica) com o endosso oficial da Unesco. Além disso, o Studio DelRey acredita que todo esse conhecimento e experiência precisam ser compartilhados e, em 2015, passou a ministras cursos e palestras nas áreas de criatividade, design editorial e produção de textos, tendo como parceiros nesta empreitada Sesc-SP, Terracota Coworking, Nespe e LabPub. Finalmente, em 2019, Delfin foi um dos jurados do prêmio Jabuti, na categoria Capa. É uma história em construção contínua. E nada indica que ela terminará tão cedo.

As frases de cabeceira do estúdio

Aqui no Studio DelRey temos algumas frases de cabeceira, estrategicamente inscritas em plaquinhas que vêm e vão. Estas são as frases atuais:

Se tudo está sob controle, você não está rápido o bastante. (Mario Andretti)

Sempre tente. Sempre fracasse. Não importa. Tente de novo. Fracasse de novo. Fracasse melhor.  (Samuel Beckett)

Livre-se.